18 Abril 2019

Pesquisadores afirmam que estabelecer metas aumenta desempenho e resultados

Pesquisadores afirmam que estabelecer metas aumenta desempenho e resultados

Toda empresa almeja aumentar a produtividade, fazer mais e melhor com menos recursos. E diante de uma série de fatores que podem influenciar nesta melhoria, em determinados setores da economia passou-se a optar pelo estabelecimento de metas, visando mensurar a produção e criar uma progressão de conquistas.

Seguindo esta linha, Gary Latham, pesquisador de psicologia industrial e organizacional da Universidade de Toronto, escreveu sobre a teoria do estabelecimento de metas e afirmou que definir conscientemente um objetivo específico, difícil e desafiador leva ao alto desempenho.

Teoria do estabelecimento de metas

Segundo Latham, quatro pontos explicam o aumento do desempenho:

– A especificidade resulta em concentrar-se nas atividades relevantes ao objetivo e ignorar as outras.

– O desafio leva a um aumento no esforço.

– O desafio também aumenta a persistência para atingir o objetivo.

– A combinação de especificidade e dificuldade instiga a busca de estratégias para atingir o objetivo.

Relações causais

Esta teoria faz três afirmações sobre as relações causais. Primeiro, metas específicas e altas levam a um desempenho maior em relação a não ter metas ou estabelecer um objetivo superficial, como “fazer sempre o melhor”.

Segundo, quanto maior a meta, maior o desempenho de um indivíduo.

Terceiro, variáveis como feedbacks ou reconhecimento de resultados, participação na tomada de decisões ou competição entre colaboradores têm pouca ou nenhuma influência sobre o comportamento de uma pessoa, a menos que auxiliem no estabelecimento de uma meta específica.

Mediadores

Nas pesquisas em psicologia, os chamados “mediadores” explicam as relações causais. Na teoria do estabelecimento de metas, são quatro os mediadores que mostram por que metas específicas aumentam o desempenho.

  1. Um objeto claro envolve tomar medidas para buscá-lo, com a exclusão de outros fatores. Além disso, permite e em partes induz as pessoas a se concentrarem e buscarem propósito no que fazem.
  2. Um objetivo determinado e difícil gera esforços e, portanto, quanto maior a meta, melhor o desempenho despendido.
  3. Quando uma meta é específica em vez de vaga, difícil em vez de fácil, as pessoas persistem em persegui-la até que seja alcançada. O objetivo vago permite várias interpretações e, assim, dissipa esforços.
  4. Definir um objetivo desafiador requer que se estabeleçam estratégias para atingi-lo.
Estabelecer metas aumenta desempenho e resultados - SEPAC

Variáveis moderadoras

Variáveis moderadoras são as condições necessárias para as afirmações anteriores serem aplicáveis. Para esta pesquisa, primeiro a pessoa precisa ter capacidade – no sentido técnico, inclusive – de atingir um objetivo elevado, caso contrário não haverá comprometimento.

Já o comprometimento da meta é, provavelmente, a variável mais importante: se alguém não está empenhado em alcançar certo resultado, por definição esta pessoa não tem um objetivo.

Ainda, feedbacks de desempenho devem ser dados em relação ao objetivo traçado. O colaborador precisa destas informações para ajustar ou modificar a estratégia.

Por fim, a pessoa precisa ter os recursos necessários disponíveis para atingir a meta definida. Restrições podem atenuar a capacidade e o comprometimento com o objetivo específico.

Fonte: Oxford Research Encyclopedias

Leia também: Neuromarketing é o futuro e você precisa conhecer

A SEPAC está há 43 anos no mercado, oferecendo as melhores soluções de higiene e bem-estar para o seu dia a dia. Acesse o site: www.sepac.com.br

Deixar um comentário