23 dezembro 2019

Dicas para fazer a integração de colaboradores

Dicas para fazer a integração de colaboradores

Um estudo global feito pela empresa de consultoria McKinsey constatou que um dos maiores desafios atualmente é reter o colaborador após a contratação: aproximadamente 17% dos profissionais deixam o cargo nos primeiros 90 dias. Esse fato está relacionado à qualidade do processo de integração, que é essencial para que os colaboradores se sintam bem recebidos. Confira algumas dicas para inserir o profissional na empresa de modo eficiente.

O que é integração

A integração é a apresentação da empresa feita para o colaborador geralmente a partir de seu primeiro dia de trabalho, e serve para mostrar a cultura e o funcionamento da organização, bem como as funções que cada setor desempenha.

Ter um bom processo de integração, além de tirar as várias dúvidas do colaborador que está começando, faz com que ele tenha uma boa visão do ambiente, para assim se sentir confortável ao iniciar suas atividades profissionais.

As ações de integração são conhecidas pelo termo “onboarding”, que tem o sentido de fazer com que o profissional embarque na empresa, e são de grande importância para o bom desempenho do novo colaborador.

Comece o quanto antes

Em alguns casos, a integração pode acontecer antes do primeiro dia de trabalho do colaborador. Se possível, é interessante enviar e-mails que insiram o profissional na organização, demonstrem satisfação em tê-lo na equipe e o inspirem para o trabalho.

Faça uma apresentação colaborativa

Uma empresa de softwares constatou que a maior parte dos profissionais é mais produtiva se tem amigos no trabalho, e designar uma pessoa que acompanhe o novo colaborador nos primeiros dias é essencial para integrá-lo.

Certifique-se de fazer uma recepção positiva

No início, pode ser que o novo profissional ainda tenha opções em aberto no mercado. Desse modo, fazer com que a recepção seja uma boa experiência é importante para mostrar que sua participação na equipe é valorizada, além de fornecer o treinamento inicial adequado.

Outra maneira de engajar o colaborador é demandar tarefas simples logo no início, para que ele se sinta confiante com o novo trabalho e possa resolvê-las por conta própria. Ainda assim, é importante mostrar-se disponível para o caso de dúvidas.

handshake business partners at a meeting

Agende reuniões individuais

Para uma boa experiência de integração, planeje uma reunião com o novo colaborador e seu gerente direto. Dedicar tempo para receber o profissional e conhecê-lo pessoalmente auxilia para que se sinta parte da equipe.

Tenha um portal de integração

É importante utilizar ferramentas online para manter uma comunicação aberta com o colaborador, como um portal próprio para a integração, onde ele possa se manter informado sobre relatórios, datas de reuniões, treinamentos e novidades da empresa.

Estruture um planejamento

O planejamento de integração pode ser estruturado para até um ano, período em que será fornecida a orientação e o feedback necessário para auxiliar o colaborador a fazer um bom trabalho. O setor de recursos humanos pode automatizar o processo e prestar o suporte aos profissionais de acordo com o cronograma.

Leia também: 3 atitudes para acompanhar as evoluções do mercado

Fonte: Forbes

A SEPAC está há 43 anos no mercado, oferecendo as melhores soluções de higiene e bem-estar para o seu dia a dia. Acesse o site: www.sepac.com.br

Deixar um comentário