23 janeiro 2019

Como aprender uma nova habilidade em 20 horas?

Como aprender uma nova habilidade em 20 horas?

Malcolm Gladwell, jornalista autor do livro Outliers, estimou que são necessárias 10.000 horas de prática deliberada – termo que define a relação direta entre a prática intensa, o nível de desempenho e a quantidade de anos em que se praticou esta atividade – para que se aprenda uma nova habilidade a ponto de se sentir seguro com a atividade.

Já o coach Josh Kaufman, que escreveu The First 20 Hours – Como Aprender Qualquer Coisa e se tornou mais conhecido após uma palestra no TEDx, acredita que esse tempo pode ser até menor do que 20 horas de prática inteligente, em que são aprendidos os 20% do material que renderão 80% do resultado.

Para isto, é preciso entender o funcionamento do cérebro e ir com calma. Condensar 20 horas práticas em 3 dias, por exemplo, não funciona. A primeira habilidade nesta lista é a base de todas as outras, que serão desenvolvidas ao longo da vida.

Aprendendo a aprender

Quando nos deparamos com novos conceitos, criamos “pedaços mentais”. Para desenvolver uma capacidade, muitos destes pedaços são criados no cérebro, partes fundamentais para o aprendizado de outras habilidades – mesmo aquelas aparentemente não relacionadas.

Kaufman sugere um processo de aprendizado inteligente e eficiente, que consiste em 4 passos:

1Decompor a habilidade: depois de decidir o que se quer fazer, divida a habilidade em pequenas etapas. É mais fácil começar o processo pelas partes fundamentais para o aprendizado como um todo.

2Aprender o suficiente sobre o assunto, a tal ponto que seja possível corrigir a si mesmo na hora da prática.

3Remover barreiras e distrações – televisão, internet, etc.: quanto mais você consegue usar a força de vontade para manter o foco, mais será capaz de praticar com entusiasmo.

4Praticar por no mínimo 20 horas.

O aprendizado também se desenvolve com a prática, quando se busca a forma otimizada de fazê-lo. Quanto mais se aprende, portanto, mais rápido e fácil se torna aprender outras habilidades e competências, justamente graças aos pedaços que você formou anteriormente.

Há, ainda, dois fatores importantes neste processo:

Descanso: descansar é acalmar a mente para deixar o subconsciente fazer o seu trabalho. Provou-se que os pedaços estão realmente se formando enquanto você descansa. Além de ter um sono de qualidade, outras formas de renovar a mente são: fazer atividades cardiovasculares, como caminhada, corrida e ciclismo; meditar; escrever em um diário; apreciar a natureza; tomar um banho.

Repetição inteligente: em geral, aprender alguma habilidade exige repetição. A forma inteligente de fazer isso é espaçar as práticas. Aprende-se hoje, recorda-se amanhã, relembra-se depois e assim por diante. Por isso, estabeleça 15 ou 20 minutos de prática diária até alcançar as 20 horas.

Repetição inteligente

Fonte: Medium – Danny Forest

 

Leia também: Flexibilidade e adaptação: características imprescindíveis no trabalho

A SEPAC está há 43 anos no mercado, oferecendo as melhores soluções de higiene e bem-estar para o seu dia a dia. Acesse o site: www.sepac.com.br

Deixar um comentário