01 novembro 2018

8 dicas para dominar novas habilidades profissionais no cotidiano

8 dicas para dominar novas habilidades profissionais no cotidiano

A busca por especialização e novas habilidades é parte inerente do desenvolvimento profissional. Porém, o cotidiano pode ser o maior desafio: como incluir o aprendizado no dia a dia.

O primeiro passo é entender que tempo existe – a questão é a prioridade que se dá para cada atividade. E, no caso de qualquer processo de aprendizado, dedicação e disciplina são fundamentais.

Veja estas 8 dicas e domine novas habilidades.

Níveis de competência

O desenvolvimento de uma nova competência passa pelo que Martin M. Broadwell definiu como os “quatro estágios de competência”: incompetência inconsciente, incompetência consciente, competência consciente e competência inconsciente. Primeiro, não temos ciência daquilo que não sabemos. Depois, passamos a entender que não compreendemos algo. A etapa seguinte é de estudo e aplicação prática. No último estágio, estando completamente inseridos no contexto, temos domínio da habilidade e podemos desbravar novas aplicações.

Entender o processo inteiro é fundamental para que a dificuldade natural de todo aprendizado não seja desmotivadora.

Autoengajamento

A melhor maneira de permanecer comprometido é conhecer a atividade, suas possibilidades e ter um objetivo bem definido – mesmo que este mude ou receba ajustes durante o percurso. Pergunte-se por que você quer aprender aquilo. Pesquise, leia, se envolva. Procure cursos, calcule o investimento e o retorno que terá.

Dividir o objetivo em partes torna o processo mais efetivo: pequenas tarefas são mais fáceis de realizar, e comemorar cada conquista serve de combustível para a sequência do aprendizado e para manter a motivação.

Também por isso, desafie-se, provoque-se, estabeleça metas arrojadas, mas alcançáveis. Quando se está realmente envolvido, desfruta-se do processo de aprendizado de maneira natural, tornando-o mais consistente e gratificante.

Observe-se

As habilidades sutis que visam a eficiência são fundamentais para o dia a dia no trabalho. Observando o próprio comportamento, adquirimos o hábito de otimizar processos e atividades, de buscar mudanças. Estar atento ao “como” impacta diretamente no “o quê”.

Otimizar processos e atividades

Rotina

Estabelecer uma rotina é crucial para manter o foco, para a organização das atividades e dos resultados e para o correto andamento das etapas do processo.

Prazo de 30 dias

Estudiosos aconselham: decida a habilidade e estabeleça o prazo de 30 dias para alcançar resultados. E, então, mergulhe no tema. Crie lembretes, entre em grupos de debates, procure as pessoas que são referência no assunto. A motivação deve ser cultivada.

Pontos fortes

É preciso se conhecer para não perder tempo e energia com atividades que serão abandonadas. Realize testes ou faça listas com suas aptidões, pontos fortes e gostos. A partir desta compreensão, a escolha da atividade fica alinhada com as demais características e o aprendizado fará sentido.

15 minutos por dia

Aprender algo novo deve ser divertido e o domínio envolve comprometimento. Em vez de se sobrecarregar, reserve 15 minutos do seu dia e transforme esta nova paixão em um hábito agradável e viável. Quando o estudo se tornar parte esperada do dia, comece a reservar mais tempo e incluir outras atividades.

Pratique em cenários de baixo risco

Dominada a teoria, chega o momento de iniciar a prática. Busque usar essa habilidade em ambientes de menor risco – seja com familiares ou amigos. Construa confiança e pratique métodos em um ambiente mais controlado, onde os erros podem ser contornados a tempo, e então mire um cenário mais desafiador.

Fonte: Forbes

 

Leia também: O que é biohacking?

A SEPAC está há 43 anos no mercado, oferecendo as melhores soluções de higiene e bem-estar para o seu dia a dia. Acesse o site: www.sepac.com.br

Deixar um comentário