22 novembro 2018

8 competências essenciais para desenvolver até 2020

8 competências essenciais para desenvolver até 2020

As perspectivas do futuro em curto prazo apontam para novas descobertas e diferentes ferramentas que rompem ainda mais com sistemas e formas de pensamento tradicionais: integração online-offline, Internet das Coisas, robótica avançada, automação de transportes, inteligência artificial e realidade virtual e aumentada são alguns exemplos.

Também é certo que este novo ambiente social, construído a partir do crescente pensamento digital-tecnológico da chamada Quarta Revolução, exigirá das pessoas capacidades coerentes com o cenário e novas habilidades – na maioria, ações impossíveis de serem tomadas por máquinas. Segundo dados do Fórum Econômico Mundial, 35% das aptidões mais requisitadas para a maioria das ocupações deve mudar.

Aptidões mais requisitadas

O órgão fez, também, uma pesquisa em 15 países e definiu as 8 habilidades mais demandadas pelas empresas até o ano de 2020. Confira:

1 – Flexibilidade cognitiva

Ter a capacidade de mudar o foco de forma eficiente, gerenciar a atenção entre várias situações ao mesmo tempo e passar de uma tarefa para a outra de forma rápida ou, ainda, a habilidade de enxergar um problema de forma ampla, dividindo-o em pedaços para encontrar uma solução inovadora.

2 – Negociação

Habilidade de lidar com opiniões e expectativas divergentes. Entender os contextos sociais, políticos e econômicos de cada situação para poder mediar ou tomar decisões otimizadas.

3 – Julgamento e tomada de decisões

Buscar argumentos e dados concretos para que seja possível avaliar diferentes situações e tomar decisões mais acertadas.

Julgamento e tomada de decisões

4 – Inteligência emocional

Capacidade de reconhecer as próprias emoções e as dos outros, para lidar com elas de forma sensata.

5 – Coordenação com terceiros

Mais do que delegar serviços, é a capacidade de atrair pessoas que coordenem tarefas e de fazer a gestão otimizada de diferentes personalidades e ideias. Evolução do chamado “espírito de equipe”, esta habilidade é fundamental em líderes e gestores.

6 – Criatividade

Esta competência pode ser desenvolvida e deve ser encorajada nos ambientes de trabalho. Trata-se de buscar novas ideias e referências, procurar outros pontos de vista e fugir do pensamento comum. Para isso, é preciso arriscar.

7 – Pensamento crítico

Esta já foi considerada “a habilidade do século XXI”, e inclui analisar situações ou problemas de diferentes ângulos, usar argumentos de forma lógica, questionar a si mesmo. É a capacidade de se comunicar claramente, de fazer as perguntas certas, reconhecer o “problema atrás do problema”. Pensamento crítico é usar a lógica e a racionalização para identificar forças e fraquezas de soluções alternativas.

8 – Resolução de problemas complexos

Capacidade de considerar muitas variáveis e possibilidades envolvidas em um problema. Para isso é preciso enxergar a questão de forma holística, observando o papel das partes no conjunto e as relações de causa e consequência.

Fonte: Revista EXAME

 

Leia também: Flexibilidade e adaptação: características imprescindíveis no trabalho

A SEPAC está há 43 anos no mercado, oferecendo as melhores soluções de higiene e bem-estar para o seu dia a dia. Acesse o site: www.sepac.com.br

Deixar um comentário