15 junho 2020

Vidros autolimpantes: praticidade e tecnologia como aliadas

Vidros autolimpantes: praticidade e tecnologia como aliadas

Com o passar do tempo, vidros externos de fachadas e coberturas acumulam impurezas, dificultando a realização de uma limpeza efetiva do local. Uma alternativa prática e econômica são os chamados vidros autolimpantes, que possuem tecnologia para repelir a sujeira.

Durante a fabricação do vidro autolimpante, é utilizada uma película com partículas de dióxido de titânio (TiO2). Ela interage com os raios ultravioleta decompondo as moléculas à base de carbono. Como resultado, a poeira no vidro é eliminada.

tecnologia autolimpante - sepac

Devido à característica hidrofílica do TiO2 (isto é, tem afinidade com as moléculas de água), a chuva funciona como um enxágue, removendo a poeira orgânica presente na superfície. Outra vantagem do vidro autolimpante é que, quando comparado com outros tipos de vidro, ele seca mais rápido e não fica manchado.

Onde utilizar o vidro autolimpante

O vidro autolimpante é indicado para áreas externas, como: fachadas de empreendimentos, instalações suspensas, jardins, portas de vidro, sacadas, coberturas ou áreas em que o acesso para a limpeza seja limitado mas haja incidência de raios ultravioleta. Também é recomendado para aeroportos e bairros próximos a construções.

vidro autolimpante meio ambiente - SEPAC

Além da praticidade, o vidro com tecnologia autolimpante trabalha a favor do meio ambiente e poupa tempo, uma vez que evita a utilização intensiva de detergentes e contribui para a redução da frequência de lavagens.

Vale ressaltar que, para ser eficiente, a instalação deve obedecer a uma inclinação mínima de 10 graus, de modo que a água escorra por toda a superfície do vidro.

Leia também: Saúde e sustentabilidade: cortina que purifica o ar dentro de casa

A SEPAC está há 43 anos no mercado, oferecendo as melhores soluções de higiene e bem-estar para o seu dia a dia. Acesse o site: www.sepac.com.br

Deixar um comentário