28 agosto 2019

Dicas para deixar as fotos dos seus pratos mais bonitas

Dicas para deixar as fotos dos seus pratos mais bonitas

Cada vez mais, a tecnologia nos faz desenvolver hábitos novos. Há algum tempo, tornou-se natural fazer registros dos pratos em um restaurante ou mesmo em casa. Além disso, muitos utilizam as fotos para a divulgação de estabelecimentos nas redes sociais.

Para destacar a beleza dos pratos, alguns pontos devem ser levados em conta, como montagem – ou plating –, iluminação, composição e edição.

Confira algumas dicas para deixar as fotos dos seus pratos mais bonitas.

Montagem

Montagem dos pratos - SEPAC

A montagem é essencial para a estética do prato. Um estudo comprova que quando apresentada de forma elaborada, a comida tende a ser mais bem avaliada inclusive em termos de sabor. Para definir a montagem é preciso:

  • Escolher a superfície: tábuas ou mesas de madeira trazem um ar mais rústico ao prato, ideal para fotografar hambúrgueres, carnes e refeições caseiras. Já para pratos brancos, que dão destaque às cores dos alimentos, o ideal é que o fundo também seja branco.
  • Começar pelo centro: para que seu prato fique simétrico e a foto enquadrada, inicie a montagem do meio para as laterais.
  • Olhar artístico: grandes chefs usam utensílios de cozinha, como borrifadores, pinças e pincéis para detalhar o prato. Seja criativo com os molhos e cores dispostos pelos ingredientes.

Iluminação

Iluminação dos pratos - SEPAC

A iluminação é o segredo que dá destaque e equilíbrio às cores da fotografia. É preciso pensar nas partes do prato que serão realçadas e escolher a luz certa para isso:

  • Iluminação lateral: gera sombras e destaca certas áreas do alimento. Boa para fotografar hambúrgueres e sanduíches em geral.
  • Luz suave e difusa: usar uma luz leve evita que sombras “duras” sobressaiam nas fotos. Ao usar apenas iluminação natural, opte por locais onde a entrada de luz pela janela não fique tão forte. O ideal é que fotos perto destes locais sejam feitas em dias nublados.
  • Evite a iluminação frontal: esse ângulo impede o contraste nítido das texturas dos alimentos, dando à imagem uma aparência monótona e sem sabor.

Composição

Composição dos pratos - SEPAC

Quanto ao enquadramento fotográfico, não existe necessariamente um padrão a ser seguido, mas é válido considerar alguns aspectos para realçar a qualidade visual do prato.

  • Ângulo: escolha qual parte do preparo merece destaque. Em um sanduíche, experimente cortá-lo para fotografar sua lateral e as diversas camadas, cores e texturas.
  • Cores: ao montar seu prato, analise quais as cores que, juntas, combinam com a estética da foto, sempre visando manter a harmonia cromática da imagem.
  • Foco: para captar cada detalhe dos temperos e molhos e da suculência, é essencial muito foco no prato, contrastando com o fundo.

Edição

Se todos os outros passos forem seguidos corretamente, nesta etapa o trabalho será sutil. Realize retoques e equilibre as cores e o sombreamento de maneira pontual, apenas para realçar a composição de elementos e o sabor do alimento. Existem diversas opções de software de edição, gratuitas e pagas, disponíveis no mercado.

Leia também: Tendências gastronômicas de 2019

A SEPAC está há 43 anos no mercado, oferecendo as melhores soluções de higiene e bem-estar para o seu dia a dia. Acesse o site: www.sepac.com.br

Deixar um comentário