19 março 2018

Hábitos alimentares em alta para 2018

Hábitos alimentares em alta para 2018

Se uma das promessas para o ano novo era ter uma vida mais saudável, que tal começar pela alimentação? Alguns hábitos estão em alta para 2018 e são boas alternativas para se comer melhor. Confira quais são:

Receitas veganas

Cerca de cinco milhões de brasileiros são adeptos do veganismo, e não à toa: as receitas costumam ser saudáveis e deliciosas! Para preparar um bolo, por exemplo, você pode substituir o leite comum pelas opções vegetais, como o leite de amêndoa ou de avelã. Já os ovos podem ser substituídos por um nutritivo purê de banana-nanica. Opções com mais nutrientes e sabor! Consulte um nutricionista para saber como adaptar melhor as receitas em seu cardápio.

Sabores do Oriente Médio

As especiarias do Norte da África ganham cada vez mais espaço na gastronomia atual. O cominho, o cardamomo e o coentro são exemplos de temperos que trazem um sabor único aos pratos e são ricos em antioxidantes. Esta viagem sensorial também abrange ingredientes e preparos como o tahini (pasta de sementes de gergelim), a shakshuka (ovos escalfados com molho de tomate) e geleias de tomate, hortelã e frutos secos.

Manteiga clarificada

Também conhecida por Ghee, esta é a manteiga pura. Em sua fabricação, são retiradas a lactose, a caseína e as toxinas do produto na versão comum. O resultado é apenas a gordura clarificada do leite. É um dos ingredientes mais saudáveis para preparar alimentos, e você também pode consumi-la com pão ou biscoitos salgados.

Alimentos orgânicos

Hábitos alimentares em alta para 2018

Por serem cultivados sem o uso de agrotóxicos, o consumo dos orgânicos evita doenças ocasionadas por essas substâncias. Além disso, têm mais sabor e nutrientes. Seu cultivo protege a qualidade da água, evita a erosão do solo, restaura a biodiversidade e ainda ajuda pequenos agricultores. Você tem muitos motivos para aderir a eles!

Superfoods

Alimentos como a cúrcuma, a maca peruana, matchá, nibs de cacau, clorela e spirulina são considerados superalimentos. Têm poucas calorias, muitos nutrientes (mesmo em pequenas porções) e trazem diversos benefícios ao organismo. São comprados em pó ou cápsulas e podem ser consumidos no suco, iogurte e em bolos.

Snacks saudáveis

Os salgadinhos industrializados perdem cada vez mais espaço e dão lugar aos naturais. Você pode fazer chips de maçã, batata-salsa, beterraba, cenoura, batata-doce e de muitos outros legumes e frutas. Basta cortá-los em fatias bem finas e levar ao forno! Coloque em saquinhos plásticos com fecho e leve  com você para lanches saudáveis.

 

Clubes de assinatura

Esta tendência veio para facilitar a vida de quem quer se alimentar melhor, mas tem uma rotina corrida e pouco tempo para fazer compras. Funciona assim: você pesquisa por uma empresa que oferece essa modalidade, paga uma mensalidade e recebe em casa, todo mês, um kit com vários produtos de acordo com o segmento (snacks naturais, produtos veganos, sem glúten, etc.).

As tendências de alimentação mudam com o passar do tempo, e hoje a saúde ganha mais atenção. Por isso, cuide do seu corpo com essas alternativas aliadas a hábitos saudáveis: pratique exercícios regularmente, hidrate-se e faça atividades que tragam felicidade. Consulte um nutricionista regularmente para ter ainda mais saúde e qualidade de vida.

Veja também: Temperos essenciais na cozinha

A SEPAC está há 43 anos no mercado, oferecendo as melhores soluções de higiene e bem-estar para o seu dia a dia. Acesse o site: www.sepac.com.br

Deixar um comentário