08 julho 2020

Cuidados com os alimentos durante a pandemia

Cuidados com os alimentos durante a pandemia

No atual contexto da pandemia, diversas são as medidas preventivas a serem adotadas para evitar o contágio do coronavírus. Como apontam os especialistas, a transmissão ocorre quando gotículas que saem do nariz ou da boca de um indivíduo infectado alcançam as mesmas regiões ou os olhos de pessoas saudáveis. O contágio pode ocorrer diretamente por meio da fala, da tosse ou do espirro, mas também pelo contato das mãos com o rosto, depois de tocarem superfícies contaminadas.

No que diz respeito aos alimentos, o contato com o vírus pode ocorrer pela superfície dos produtos ou embalagens infectadas. Diante disso, é preciso seguir cuidados essenciais para evitar riscos de contaminação, seja na compra, no preparo ou na ingestão de alimentos. Confira abaixo.

Limpeza prévia

cOmo guardar alimentos pandemia - SEPAC

Antes de preparar qualquer alimento, para remover possíveis bactérias e vírus e evitar a contaminação cruzada – que ocorre pela transferência de algo contaminado para um item não contaminado –, é fundamental que as superfícies e os objetos da cozinha estejam limpos, desde pias, bancadas, louças e utensílios culinários até o piso e as paredes. Outros cuidados importantes incluem estar com as mãos higienizadas antes do preparo, e sempre lavá-las após tossir, espirrar, tocar o rosto, ir ao banheiro ou manusear qualquer objeto além dos da cozinha.

Preparo

No preparo de alimentos, evite manter as unhas compridas e usar acessórios como relógios, pulseiras e anéis, pois eles podem acumular impurezas, o que facilita a transmissão do vírus. Ao preparar a comida, cozinhar bem os ingredientes é algo imprescindível, visto que as altas temperaturas reduzem consideravelmente a ação do coronavírus, já que ele apresenta sensibilidade ao calor. 

Vegetais e comidas cruas

Para os alimentos que são consumidos crus, as medidas higiênicas devem ser redobradas. Dos vegetais folhosos, como alface, couve, repolho e cheiro-verde, devem ser retiradas as folhas externas e as demais separadas individualmente para a limpeza. Lave-as com bastante água e depois as deixe de molho por 15 minutos, em uma solução de uma colher de sopa de água sanitária para cada litro de água comum. Após esse tempo, as folhas devem ser lavadas novamente na água corrente antes de serem consumidas. Lembre-se de não misturar alimentos crus e cozidos durante os preparos, para evitar a contaminação cruzada.

No caso de frutas e de vegetais que não apresentam folhas, o processo de higienização deve ser o mesmo. Para higienizá-los, produtos à base de cloro são suficientes. Entretanto, sempre verifique os rótulos e atente-se para águas sanitárias que contenham substâncias como aromatizantes, pois essas não devem ser usadas para a higienização dos alimentos.

Alimentos vindos de fora

higienização embalagens - SEPAC

Em relação aos alimentos comprados fora, os cuidados devem ser seguidos estritamente. Nas entregas, se possível, opte por realizar o pagamento online ou no cartão, para evitar o manuseio de cédulas. Higienize as embalagens das refeições com álcool em gel, álcool 70% ou água e sabão antes de abri-las. Quando os alimentos forem comprados no mercado, todas as superfícies e embrulhos precisam ser igualmente limpos, e os mantimentos devem ser guardados somente após este procedimento. Lembre-se de lavar as mãos após a limpeza.

Leia também: Saiba como usar e manusear máscaras da maneira correta

Fonte: Veja Saúde e Portal Anvisa

A SEPAC está há 43 anos no mercado, oferecendo as melhores soluções de higiene e bem-estar para o seu dia a dia. Acesse o site: www.sepac.com.br

Deixar um comentário