12 julho 2019

A história do Dia Mundial do Rock

A história do Dia Mundial do Rock

Muitos desconhecem, mas o Dia Mundial do Rock é celebrado apenas no Brasil, e teve início graças ao Live Aid, um megaconcerto beneficente que aconteceu no dia 13 de julho de 1985.

Organizado pelo músico irlandês Bob Geldof e o escocês Midge Ure, teve como objetivo levantar fundos e arrecadar doações para os habitantes em estado crítico da Etiópia.

Os shows aconteceram ao redor do mundo, em lugares como o estádio John F. Kennedy, na Filadélfia (EUA), e em Wembley, em Londres (Inglaterra). No total, o evento reuniu mais de 200 mil pessoas e aproximadamente 1,5 bilhão de telespectadores ao vivo. Nomes como Queen, Led Zeppelin, The Who, U2, Black Sabbath, Dire Straits, David Bowie, Paul McCartney, Eric Clapton, Phil Collins, Elton John, Mick Jagger e BB King participaram do Live Aid.

Origem do Dia Mundial do Rock - SEPAC

Aproximadamente 247 milhões de reais foram arrecadados com os shows. Quase vinte anos depois, em 2004, foi lançado um box com quatro DVDs do concerto, e novamente o valor das vendas foi revertido para ações de combate à fome. O evento e seu desdobramento tiveram enorme importância e impacto social, assim como o rock ao longo dos anos.

Leia também: Os eventos de gastronomia mais famosos do Brasil

A SEPAC está há 43 anos no mercado, oferecendo as melhores soluções de higiene e bem-estar para o seu dia a dia. Acesse o site: www.sepac.com.br

Deixar um comentário