29 janeiro 2019

Termômetros culinários: tipos e vantagens

Termômetros culinários: tipos e vantagens

É certo que, com a prática, cozinhar torna-se mais fácil e intuitivo. Mas alguns instrumentos de cozinha são indispensáveis, especialmente para pratos elaborados que requerem mais precisão no preparo. Os termômetros culinários são alguns desses instrumentos, por isso, confira neste post quais são os tipos principais.

Termômetros analógicos x digitais

  • Analógicos: funcionam mecanicamente, normalmente através da dilatação de dois metais diferentes. São mais econômicos.
  • Digitais: em geral mais precisos e eficientes, podem ter funções extras como alarme de temperatura e acompanhamento do preparo a distância.

Quando usar um termômetro culinário?

Termômetros são especialmente úteis para temperar chocolate (técnica de levar o chocolate à melhor temperatura para ser trabalhado) ou para saber quando um determinado corte de carne chegou ao ponto desejado. Quanto maior a dificuldade de execução do prato, mais necessário o uso do instrumento.

Termômetro para uso geral

Termômetro para uso geral

É o tipo mais comum de termômetro culinário, feito com uma haste de metal e medidor analógico ou digital. É muito utilizado para verificar a temperagem de chocolates ou comidas expostas em buffet.

Termômetro para carne

Termômetro para carne

Muito práticos e facilmente encontrados, esses termômetros são espetados diretamente na carne e permitem acompanhar a temperatura interna e o ponto.

iGrill

Este termômetro pode ser ligado ao smartphone via Bluetooth e tem aplicativo gratuito para acompanhar o preparo da receita. No app, você define o tipo de carne que está preparando e o ponto desejado, então ele avisa quando o ponto é atingido.

 

Veja também: Filmes e séries para amantes da culinária

A SEPAC está há 43 anos no mercado, oferecendo as melhores soluções de higiene e bem-estar para o seu dia a dia. Acesse o site: www.sepac.com.br

Deixar um comentário