20 dezembro 2019

O que é o design gastronômico?

O que é o design gastronômico?

A palavra design, unida à gastronomia, remete à forma como um alimento é apresentado à mesa. Porém, o conceito vai muito além disso. A International Food Design Society (IFDS) explica o que é design gastronômico: um pensamento estratégico aplicado a um processo, produto ou experiência.

Neste conceito, o chef se baseia em diversos critérios para projetar a experiência gastronômica do cliente: os ingredientes, o local onde eles serão comprados, a forma como serão utilizados na receita, as embalagens, displays ou pratos onde o alimento será apresentado, o local onde será servido, as experiências que o cliente viverá enquanto degusta a refeição e até mesmo seu impacto cultural. Desta forma, o alimento passa a ser um produto e uma experiência completos, pensado e desenvolvido em todas as suas etapas de consumo.

Origem do design gastronômico

stock-photo-pickled-herring-with-tomato-sauce-lemon-fresh-green-parsley-dill-and-hot-red-black-white-and-1306699165

O conceito teve origem na Europa, no fim da década de 1990, para suprir uma necessidade de restaurantes de fidelizar os clientes. A ideia foi implantar a venda de pratos deliciosos, mas que, ao mesmo tempo, fossem belos e conquistassem por sua estética cuidadosamente planejada. Além disso, o ambiente do estabelecimento também deveria agradar e impressionar artisticamente. Por isso, o design gastronômico uniu a arte e a gastronomia para que uma refeição passasse a ser uma experiência inesquecível para o consumidor.

Habilidades do chef

Um designer gastronômico ou chef que pensará no desenvolvimento de seu prato, preferencialmente deve ter conhecimentos acerca de análise de necessidades do mercado, para criar mais que um produto: uma memória. Além disso, deve pensar em qual experiência quer apresentar para o consumidor. Assim, o planejamento começa pelo estabelecimento e sua decoração. Se os alimentos são feitos para entrega, a identidade visual da marca e a embalagem devem ser criteriosamente estudadas, para que haja harmonia entre o planejamento e o produto final.

Design de espaços alimentares

urban-restaurant-interior-green-plants-600w-659462719

Os espaços onde o consumidor irá degustar os pratos são de grande importância. Ao pensar sobre o que é design gastronômico, deve-se levar em conta as cores do ambiente, materiais, iluminação, temperatura, uniformes dos funcionários e até mesmo a música de fundo. Um exemplo do que é design gastronômico em espaços – também conhecido como food space design – é o restaurante Rice Home, em Hong Kong. O local é conhecido por seus deliciosos pratos feitos com arroz e, por isso, utiliza esse elemento como referência principal para a decoração.

A cozinha moderna busca cada vez mais explorar os potenciais da arte para valorizar seus produtos e serviços. Tudo isso com o objetivo de impactar as pessoas com experiências únicas, transformando a alimentação em formas de expressão e de consumo diferenciadas.

Leia também: O que a gastronomia e o design têm em comum?

A SEPAC está há 43 anos no mercado, oferecendo as melhores soluções de higiene e bem-estar para o seu dia a dia. Acesse o site: www.sepac.com.br

Deixar um comentário