22 julho 2019

Dicas para marinar carnes

Dicas para marinar carnes

A marinada, técnica culinária que envolve deixar a carne de molho por algumas horas, é um dos processos mais importantes no preparo destas peças. É ela que vai conferir sabor e amaciar o alimento.

Uma marinada de qualidade leva, no mínimo, três ingredientes: um ácido (limão ou vinagre) ou básico (leite ou iogurte), um aroma (ervas e especiarias) e um legume fresco, como aipo, cebola ou cenoura. Os ingredientes mudam de acordo com o tipo de carne a ser marinado.

Confira a seguir algumas dicas para marinar carnes no dia a dia:

– Antes de tudo, descongele a carne e corte-a de acordo com o preparo que você for fazer

Como Marinar Carnes - SEPAC

– Para marinar, dê preferência a recipientes de vidro, aço inoxidável ou louça com tampa, que não interferem no aroma e no sabor da carne. Evite potes de plástico ou de alumínio. Você também pode usar sacos plásticos, que facilitam o contato do líquido com toda a superfície da carne. Lembre-se de sempre retirar o máximo de ar e de fechar bem o saco

Não tempere a marinada com sal, que pode desidratar ou cozinhar as fibras quando colocado com antecedência. O ideal é acrescentá-lo somente na hora de levar a carne ao fogo

– Assim que terminar a marinada, leve o pote ou o saco à geladeira. Retire a carne um pouco antes de prepará-la: assim você garante que a peça cozinhe por igual

O tempo que a carne deve marinar varia de acordo com o tamanho do corte. Peças grandes com mais de um quilo, como coxão mole ou pernil, devem ficar de molho por 12 horas. Já cortes menores, como coxas e sobrecoxas, precisam de menos tempo, cerca de 6 horas. Peixes, por sua vez, em no máximo 3 horas já pegam bastante tempero

– Depois deste período, não lave a carne. Se necessário, retire o excesso de líquido com a ajuda de uma toalha de papel

Dicas de como marinar carnes - SEPAC

Os ingredientes mais indicados para cada carne

Carne vermelha: alecrim, louro e tomilho

Carne vermelha dura e com nervuras (costela e músculo): deve ficar de molho no suco de abacaxi

Carne de porco ou cordeiro: o cordeiro, por ter um sabor forte, deve ficar de molho no leite ou iogurte. Os dois tipos de carne combinam com alecrim, erva-doce, hortelã e manjericão

Frango e peixe: coentro, orégano e salsa

Veja também: Aprenda a maturar carne em casa

A SEPAC está há 43 anos no mercado, oferecendo as melhores soluções de higiene e bem-estar para o seu dia a dia. Acesse o site: www.sepac.com.br

Deixar um comentário